Já é um utilizador registado?
Recuperar
password
Se ainda não o é
Cesto de compras
        O Cesto está vazio
Pesquisar
Início
Quem somos
Contactos
Ajuda
Links
Catálogo
à mão de semear
Clepsidra
Ficção
Juvenil
outro olhar
Percursos
psi
Saúde e Bem-Estar
extra colecção
Autores
Bruce H. Lipton

Bruce H. Lipton, biólogo celular e conferencista, é reconhecido internacionalmente como um dos pioneiros na ligação entre ciência e espiritualidade. Recebeu o prestigiado Prémio Goi da Paz (Japão) em 2009, que distingue a sua contribuição científica para a harmonia mundial.
Catálogo

Título: O Lugar da Alma
Título original: The Seat of the Soul
Autoria: Gary Zukav
Colecção: outro olhar
Dimensões: 14 x 21 cm
Nº de páginas: 236
Preço: 15,05 €
Preço online: 7,52 €


Sinopse

A evolução que aprendemos na escola é a evolução da forma física. Aprendemos, por exemplo, que as criaturas monocelulares dos oceanos são os predecessores de todas as formas de vida mais complexas. Um peixe é mais complexo e, portanto, mais evoluído que uma esponja; um cavalo é mais complexo e, portanto, mais evoluído que uma cobra; um macaco é mais complexo e, portanto, mais evoluído que um cavalo, e assim por diante, até aos seres humanos que são os mais complexos e, portanto, as formas de Vida mais evoluídas do planeta. Ensinaram-nos, por outras palavras, que a evolução significa o desenvolvimento progressivo da complexidade organizacional.

Esta definição é uma expressão da ideia de que o organismo que melhor controla o seu ambiente e todos os outros organismos que nele vivem é o mais evoluído. “A sobrevivência dos mais aptos” significa que o organismo mais evoluído num determinado ambiente é o organismo que se encontra no topo da cadeia alimentar nesse mesmo ambiente. De acordo com esta definição, portanto, o organismo mais capaz de assegurar a sua própria sobrevivência, mais capaz de servir a sua auto-preservação, é o mais evoluído.

Há muito que sabemos que esta definição de evolução é inadequada, mas não sabíamos porquê. Quando dois humanos se relacionam são, em termos de complexidade organizacional, igualmente evoluídos. Se ambos tiverem a mesma inteligência mas um for mesquinho, mau e egoísta e o outro magnânimo e altruísta, dizemos que o que é magnânimo e altruísta é o mais evoluído. Se um humano sacrifica intencionalmente a sua vida para salvar a de outro, por exemplo, usando o seu próprio corpo para o proteger de uma bala despercebida ou de um carro a alta velocidade, dizemos que o humano que sacrificou a vida era dos mais evoluídos entre nós. Sabemos que estas coisas são verdadeiras, mas estão em desacordo com o nosso entendimento da evolução.

Links relacionados
http://zukav.com/welcome.html
Notas biográficas
  • Gary Zukav
  • Política de Privacidade e Segurança | Contactos | Ajuda copyright © 2006-2019 Sinais de fogo made by: BuzzID